Dicionário Diplomático

 

musta1

A

  • Anime, animê (português brasileiro) ou animé (português europeu) em japonês: アニメ, transl. anime, literalmente “desenho(s) animado(s)” é qualquer animação produzida no Japão. A palavra anime tem significados diferentes para os japoneses e para os ocidentais. Para os japoneses, anime é tudo o que seja animação, seja ele estrangeiro ou nacional. Para os ocidentais, anime é toda a animação que venha do Japão. A origem da palavra é controversa, podendo vir da palavra inglesa animation (“animação”) ou da palavra francesa animée (“animado”), versão defendida por pesquisadores como Frederik L Schodt e Alfons Moliné. Ao contrário do que muitos pensam, o animê não é um género, mas um meio, e no Japão produzem-se filmes animados com conteúdos variados, dentro de todos os géneros possíveis e imagináveis (comédia, terror, drama, ficção científica, etc.).Uma boa parte dos animes possui sua versão em mangá, os quadrinhos japoneses. Os animes e os mangás se destacam principalmente por seus olhos geralmente muito grandes, muito bem definidos, redondos ou rasgados, cheios de brilho e muitas vezes com cores chamativas, para que, desta forma, possam conferir mais emoção aos seus personagens. Animes podem ter o formato de séries para a televisão, filmes ou OVAs.

B

  • Bollywood – Bollywood é o nome dado à indústria de cinema de língua hindi, a maior indústria de cinema indiana, em termos de lucros e popularidade a nível nacional e internacional. O nome Bollywood surge da fusão de Bombaim (antigo nome de Mumbai, cidade onde se concentra esta indústria), e de Hollywood (nome dado à indústria cinematográfica americana). Contudo este nome é usado por vezes para designar todo cinema indiano o que se trata de uma utilização incorreta.

C

  • Cosplay (コスプレ Kosupure) é abreviação de costume play ou ainda costume roleplay(ambos do inglês) que podem traduzir-se por “representação de personagem a caráter”, “disfarce” ou “fantasia” e tem sido utilizado no original, como neologismo, conquanto ainda não convalidado no léxico português, embora já conste doutras bases, para referir-se a atividade lúdica praticada principalmente (porém não exclusivamente) por jovens e que consiste em disfarçar-se ou fantasiar-se de algum personagem real ou ficcional, concreto ou abstrato, como, por exemplo, animes, mangás, comics, videos, jogos ou ainda de grupos musicais — acompanhado da tentativa de interpretá-los na medida do possível. Os participantes (ou jogadores) dessa atividade chamam-se, por isso, cosplayers.

D

  • DC Comics é uma editora norte-americana de histórias em quadrinhos e mídia relacionada, sendo considerada uma das maiores companhias ligadas a este ramo no mundo. A empresa é subsidiária da companhia Time Warner e detém a propriedade intelectual de muitos dos mais famosos personagens de quadrinhos daquele país, como Batman, Superman, Mulher-Maravilha, Lanterna Verde, Flash, Aquaman e seus grupos como Liga da Justiça da América, Sociedade da Justiça da América, Novos Titãs,Renegados, Aves de Rapina, Patrulha do Destino, Legião dos Super-Heróis, All-Star Squadron, entre outros. Por décadas a DC tem sido uma das duas maiores companhias de quadrinhos daquele país, ao lado da Marvel Comics (sua rival histórica). Originalmente, a companhia era conhecida como National Comics e com o tempo passou a adotar a sigla “DC” que originalmente se referia a Detective Comics, uma de suas revistas mais vendidas (a qual é publicada até hoje e apresenta histórias de Batman).Localizada originalmente na cidade de Nova Iorque no número 432 da Fourth Avenue, a DC foi sucessivimente realocada e hoje está no número 1700 da Avenida Broadway.

 

  • Doodle – (Google Doodles são as versões modificadas do logotipo do Google, usado especialmente para feriados, aniversários de pessoas famosas e importantes eventos. The Burning Man Festival de 1998 testemunhou o nascimento da primeira Google Doodle, desde então, teríamos uma surpresa extra além de chocolates e rosas no Dia dos Namorados, ou uma grande refeição turca no dia de Ação de Graças, quando visitássemos o Google.)

E

  • Easter eggs – é o termo adotado para descrever as “surpresas” escondidas em músicas, jogos, livros, álbuns, sites, softwares, filmes e afins. Alguns são simples frases que aparecem na tela do seu navegador e não requerem muito trabalho, como por exemplo o easter egg do firefox 2 : é só abrir uma nova aba e digitar about:mozilla. Veja a frase enigmática que aparece!Outros são muito bem bolados, como este do Telnet (que não é bem um easter egg na verdade, mas é curioso):

Abra o prompt de comando e digite:

telnet towel.blinkenlights.nl.

          Se você usa um firewall pode ser necessário  aceitar conexões da internet, mas não se preocupe, aceite e divirta-se.No mundo dos jogos, talvez o grande campeão dos easter eggs seja o mais         que famoso Grand Theft Auto (GTA). Há dezenas de coisas novas escondidas.

F

  • Fanboy (feminino Fangirl) –  é um termo usado em muitos fóruns para definir uma pessoa que não é só um fã de alguma coisa, mas é obcecada por ela e defende fortemente sua opinião ao respeito do assunto. Ignorando, quase sempre, a opinião alheia, sem estar, muitas vezes, aberto a novas ideias. Por achar que o que ama é melhor e muitas vezes atacar os que não concordam, eles são mal vistos por isso. Os objetos de devoção inclui empresas, personagens, seriados, mangás, jogos e softwares.Um bom exemplo de fanboy é o nosso querido pop’s.

 

  • Fujoshi (腐女子? lit. moça estragada) é um termo japonês, a princípio, difamatório, usado para identificar mulheres fãs de mangá com relacionamento homossexual entre dois homens, o boys love (BL ou Yaoi). Fujoshi pode significar louca, pervertida e estressada, e foi usada inicialmente com esse sentido pejorativo. As pessoas não conseguiam identificar porque mulheres “normais” gostariam de ver homens fazendo sexo. Entretanto, a palavra ganhou outra conotação, bem como aconteceu com o termo otaku e as próprias fãs de BL passaram a se identificar como fujoshi. A palavra ainda não é tão comum e uma fujoshi comumente se identifica como uma yaoi fan girl. O termo contrário, ou seja, homens fãs de Yaoi, é Fudanshi.

 

  • Fair Play significa jogo justo,  jogar limpo, ter espírito esportivo, em português. Fair Play é uma expressão do inglês que significa modo leal de agir. O conceito de fair play está vinculado à ética no meio esportivo, onde os praticantes devem procurar jogar de maneira que não prejudiquem o adversário de forma proposital. Vários atletas já foram punidos por falta de fair play.
    Os praticantes de todas as modalidades esportivas devem procurar se empenhar e disputar os jogos cumprindo as regras, sob pena de serem desclassificados, porém atualmente essa expressão é empregada em praticamente todos os segmentos da sociedade moderna, e toma o significado de trabalhar ou apresentar conduta de acordo com padrões éticos, sociais e morais.
    Fair play tem uma correlação com espírito esportivo, muito pela influência do marketing e da mídia pressionando os atletas por melhores resultados, fazendo com que eles pensem na vitória a qualquer preço, muitas vezes utilizando meios ilícitos, como o doping, a manipulação genética, processos de naturalização, entre outros, quebrando assim, os princípios do jogo limpo. A FIFA, organismo responsável pelo futebol a nível mundial, dá muita importância ao fair play, sendo que um dos seus lemas é: My Game is Fair Play, que significa “O Meu Jogo é Fair Play”.

 

G

  • Geek (pronúncia no AFI: [ˈgiːk]) é um anglicismo e uma gíria inglesa que se refere a pessoas peculiares ou excêntricas, obcecadas por tecnologia, eletrônica, jogos eletrônicos ou de tabuleiro, historias em Quadrinhos, livros, animes e séries.

H

I

  • IMDb – O Internet Movie Database (traduzindo para o português: Base de Dados de Filmes na Internet) é uma base de dados online de informação sobre música, cinema, filmes, programas e comerciais para televisão e jogos de computador, atualmente pertencente à Amazon.com.

J

K

L

  • Lolita (comumente chamado de Loli) é um estilo japonês de moda cujas primeiras manifestações apareceram em fins da década de 70 e começo da década de 80. No Brasil, adotou-se também o termo japonês “Roriita”, devido à restrições do Google e do Orkut (nesse, principalmente, o único termo usado é Roriita) em relação ao uso da palavra Lolita. Inspiradas em parte na cultura ‘kawaii’ (fofa ou adorável) japonesa e na nostalgia de outros tempos – sejam períodos históricos (vitoriano ou Rococó) ou simplesmente da própria infância – as lolitas se dividem em vários sub-estilos, sendo alguns polêmicos e de existência controversa. Há também certa preocupação com parecer infantil, elegante ou modesta, evitando uma imagem adulta, sexualizada (independente do sub-estilo) ou vulgar. Saias rodadas no comprimento do joelho, em forma de sino e suportadas por anáguas,renda de boa qualidade (geralmente algodão), decote alto, cabelos cacheados e/ou acompanhados a uma franja reta e tecidos pouco brilhantes são comuns a todos os estilos.

M

  • O mangá (português brasileiro) ou manga (português europeu) (em japonês: 漫画, transl. manga, literalmente “história(s) em quadrinhos”)  – é a palavra usada para designar as histórias em quadrinhos feitas no estilo japonês. No Japão, o termo designa quaisquer histórias em quadrinhos. Sua origem está no Oricom Shohatsu (Teatro das Sombras), que na época feudal percorria diversos vilarejos contando lendas por meio de fantoches. Essas lendas acabaram sendo escritas em rolos de papel e ilustradas, dando origem às histórias em sequência, e consequentemente originando o mangá. Vários mangás dão origem a animes para exibição na televisão, em vídeo ou em cinemas, mas também há o processo inverso em que os animes tornam-se uma edição impressa de história em sequência ou de ilustrações.

 

  • Magic: The Gathering foi o primeiro jogo a apresentar o conceito moderno de cartas colecionáveis.O primeiro jogo a apresentar os conceitos de construção de baralho foi o The Base Ball Card Game, criado pela empresa americana The Allegheny Card Co. e registrado em 4 de Abril de 19042 . No mercado americano era comum desde o inicio do século XX a comercialização de figurinhas de jogadores de Beisebol. Com o passar das décadas outros temas foram incorporados pelos fabricantes: esportes, filmes, heróis de quadrinho, etc.

 

  • Marvel Comics, apelidada de House of Ideas (“Casa das Idéias”) , é uma editora estadounidense de banda desenhada (português europeu) ou história em quadrinhos (português brasileiro) pertencente à Walt Disney Company, ao comprar em 2009, por 4 bilhões de dólares, a Marvel Entertainment. Com sede na 387 Park Avenue South, em Nova Iorque, é uma das mais importantes editoras do gênero no mundo, líder em vendas e em número de fãs no segmento de super-heróis, tendo criado muitos dos mais importantes e mais populares super-heróis, anti-heróis e vilões das histórias em quadrinhos. Entre as revistas mais famosas da Marvel, encontram-se X-Men, Quarteto Fantástico, Homem-Aranha, O Incrível Hulk, Capitão América, O Justiceiro, Os Vingadores, Demolidor, Thor, Homem de Ferro, Surfista Prateado, Wolverine, Blade: O Caçador de Vampiros, Motoqueiro Fantasma, Doutor Estranho, entre muitos outros. De qualquer forma, superando a DC Comics na maioridade de suas vendas.

 

  • Minimalista – A palavra minimalismo se refere a uma série de movimentos artísticos, culturais e científicos que percorreram diversos momentos do século XX e preocuparam-se em fazer uso de poucos elementos fundamentais como base de expressão. Os movimentos minimalistas tiveram grande influência nas artes visuais, no design, na música e na própria tecnologia. O termo pode ser usado para descrever as peças de Samuel Beckett, os filmes de Robert Bresson, os contos de Raymond Carver, os projetos automobilísticos de Colin Chapman e até mesmo a linha teórica adotada pela gramática gerativa desde o fim do século XX.

 

  • Mini Master – O Mini-Master, também conhecido de “Guerra dos Boosters”, é um jeito bem legal de se divertir abrindo boosters. Para participar basta pegar três terrenos básicos de cada tipo, abrir um booster e adicionar os terrenos. Em seguida, procure um adversário e comece o duelo!

 

N

  • NPC – Um personagem não jogável/manipulável (em inglês: non-player character ou NPC) é um personagem de qualquer jogo eletrônico que não pode ser controlado por um jogador mas se envolve de alguma forma no enredo de um jogo. Ele exerce um papel específico cuja finalidade é a simples interatividade com o jogador.

 

  • Nerd (para a língua portuguesa do inglês estadunidense nerd, pronuncia-se AFI: [ˈnɝːd], “nâa(r)dz”) é um termo que descreve, de forma estereotipada, muitas vezes com conotação depreciativa, uma pessoa que exerce intensas atividades intelectuais, que são consideradas inadequadas para a sua idade, em detrimento de outras atividades mais populares. Por essa razão, um nerd muitas vezes não participa de atividades físicas e é considerado um solitário pelas pessoas. Pode descrever uma pessoa que tenha dificuldades de integração social e seja atrapalhada, mas que nutre grande fascínio por conhecimento ou tecnologia.

O

  • Otaku – é um termo usado no Japão e outros países para designar um fã por um determinado assunto (ou um viciado). No ocidente, a palavra é utilizada como uma gíria para rotular fãs de animes e mangás em geral, em uma clara mudança de sentido em relação ao idioma de origem do termo. Muitos membros da comunidade acham o termo ofensivo por não concordarem com a distorção de sentido do mesmo e se recusam a ser chamados assim. Nos últimos anos, porém, é cada vez mais comum ver programas através dos meios de comunicação utilizando a palavra otaku em seu sentido alterado, posto que a grande maioria não conhece a história do termo, e são justamente estes que recebem mais atenção da mídia.

 

P

Q

R

  • Rockabilly é um dos primeiros sub-gêneros do rock and roll, tendo surgido no começo da década de 1950. O termo “rockabilly” é um portmanteau de rock e hillbilly, este último uma referência à música country (que costumava ser chamada de música hillbilly nos anos 40 e 50), que contribuiu enormemente ao desenvolvimento do gênero. Outras influências importantes foram o western swing, o boogie woogie e o rhythm and blues. Podem ser citados como principais expoentes do estilo Chuck Berry, Jerry Lee Lewis, Carl Perkins, Elvis Presley, Bill Halley, Johnny Cash, Gene Vincent, Wanda Jackson, Eddie Cochran e Johnny Burnette. A influência e a notoriedade do estilo desvaneceram-se nos anos 60 com o surgimento da invasão britânica e o sucesso da Motown, mas durante o final dos anos 70 e começo dos 80 o rockabilly passou por uma recuperação em sua popularidade que permanece até os dias de hoje, frequentemente vinculada a uma subcultura própria.

 

  • Role-playing game, também conhecido como RPG (em português: “jogo de interpretação de personagens”), é um tipo de jogo em que os jogadores assumem os papéis de personagens e criam narrativas colaborativamente. O progresso de um jogo se dá de acordo com um sistema de regras predeterminado, dentro das quais os jogadores podem improvisar livremente. As escolhas dos jogadores determinam a direção que o jogo irá tomar.
    Os RPGs são tipicamente mais colaborativos e sociais do que competitivos. Um jogo típico une os seus participantes em um único time que se aventura como um grupo. Um RPG raramente tem ganhadores ou perdedores. Isso o torna fundamentalmente diferente de outros jogos de tabuleiro, jogos de cartas colecionáveis, esportes, ou qualquer outro tipo de jogo. Como romances ou filmes, RPGs agradam porque eles alimentam a imaginação, sem no entanto limitar o comportamento do jogador a um enredo específico.

S

  • Steampunk –  é um subgênero da ficção científica, ou ficção especulativa, que ganhou fama no final dos anos 1980 e início dos anos 1990. Trata-se de obras ambientadas no passado, ou num universo semelhante a uma época anterior da história humana, no qual os paradigmas tecnológicos modernos ocorreram mais cedo do que na História real, mas foram obtidos por meio da ciência já disponível naquela época – como, por exemplo, computadores de madeira e aviões movidos a vapor. É um estilo normalmente associado ao futurista cyberpunk e, assim como este, tem uma base de fãs semelhante, mas distinta. O gênero steampunk pode ser explicado de maneira muito simples, comparando-o a literatura que lhe deu origem. Baseado num universo de ficção cientifica criado por autores consagrados como Júlio Verne no fim do século XIX, ele mostra uma realidade espaço-temporal na qual a tecnologia mecânica a vapor teria evoluído até níveis impossíveis (ou pelo menos improváveis), com automóveis, aviões e até mesmo robôs movidos a vapor já naquela época. Este tipo de enfoque não é novidade, tanto na mídia quanto nos RPGs. O gênero Steam (vapor em inglês) há muito vem se popularizando e se mostra aos nossos olhos em filmes e desenhos animados como, a série O Mundo Perdido, o seriado e o filme James West, o filme De Volta Para o Futuro III e os anime Steamboy e Full Metal Alchemist. Os filmes A Liga Extraordinária e Van Helsing são outros exemplos de filmes que trabalham exatamente este período da literatura. Viagens sobre trilhos de trens, verdadeiros hotéis flutuantes vagando em zeppelins e máquinas extravagantes de funcionamento complicado que fazem pouco mais do que um despertador tocar  em cada canto do mundo.

 

  • Streaming – é uma tecnologia que envia informações multimídia, através da transferência de dados, utilizando redes de computadores, especialmente a Internet, e foi criada para tornar as conexões mais rápidas. Um grande exemplo de streaming, é o site Youtube, que utiliza essa tecnologia para transmitir vídeos em tempo real. Em inglês, a palavra stream significa córrego ou riacho, e por isso a palavra streaming remete para o fluxo, sendo que no âmbito da tecnologia, indica um fluxo de dados ou conteúdos multimídia. Muitas pessoas assistem filmes, seriados ou jogos de futebol em streaming. O live streaming permite que o utilizador veja um programa que está sendo transmitido ao vivo. Existem também a possibilidade de transmitir um evento através do live streaming, para que pessoas que estão longe possam assistir. Quando a ligação de uma rede é banda larga, a velocidade de transmissão da informação é muito maior, dando a sensação ao usuário de que o áudio e o vídeo são transmitidos em tempo real.  Atualmente, emissoras de televisão, bem como rádios FM e AM, além de várias empresas que realizam eventos, utilizam esta tecnologia para interação digital com seus ouvintes e clientes. O streaming possibilita que um usuário reproduza mídia, como vídeos, que são sempre protegidos por direitos autorais, de modo que não viole nenhum desses direitos, tornando-se bastante parecido com o rádio ou a televisão aberta. A tecnologia é também muito usada em jogos online, em sites que armazenam arquivos, ou em qualquer serviço onde o carregamento de arquivos é bastante rápido.
  • Spoiler – Spoiler tem origem no verbo spoil, que significa estragar, é um termo de origem inglesa. Spoiler é quando alguma fonte de informação, como um site, ou um amigo, revela informações sobre o conteúdo de algum livro, ou filme, sem que a pessoa tenha visto. O spoiler é uma espécie de estraga-prazeres, pois ele é aquele indivíduo que conta os finais, ou o que vai ocorrer com determinado personagem em filmes, séries, livros, sem saber se a outra pessoa realmente quer saber. O spoiler não necessariamente precisa contar o fato todo, pode ser qualquer parte de uma fala, texto, imagem ou vídeo que faça revelações importantes sobre determinados assuntos. O spoiler pode agir de maneira inconsciente, acabar dividindo o que descobriu com outros, sem pensar se as pessoas querem saber. Existe também, o spoiler “profissional” que são aqueles sites especializados em contar fatos sobre séries, livros e filmes através de informações que descobriram, e os fãs geralmente procurem por essas pessoas e/ou sites. A expressão “spoiler alert” é usada quando algum conteúdo sobre um filme, série ou livro pode revelar elementos importante sobre a história. Assim, se uma pessoa ainda não viu um filme ou série e está lendo sobre isso, sabe que vão ser revelados acontecimentos importantes sobre a série, algo que pode estragar (spoil) a visualização desse filme ou série. Existe também o spoiler na área aeronáutica, que são peças instaladas nas asas de uma aeronave, para modificar a sua aerodinâmica. Na área automotiva, spoiler é o nome de um dispositivo projetado para melhorar a estabilidade de um veículo, e por isso são mais comuns em carros de corrida e esportivos.

T

U

V

X

W

Y

  • Yippee-ki-yay, motherfucker!? – O termo “yipee-ki-yay” não tem nenhum significado em absoluto, mas talvez seja algo relacionado a cowboys e/ou gritos e interjeições que eles costumavam usar, já que essa frase é originalmente dita em uma conversa pelo rádio entre John McClane e Hans Grüber, logo após o último insinuar que aquele não era um “lugar para cowboys” (e ganhar de resposta a famosa frase), logo essa frase virou um costume ser dita pelo personagem em todos os filmes da franquia. O IMDb fala que a frase, traduzida para o urdu, seria “here, eat this” (em inglês, segundo o site) ou então, em português, algo como “toma!”, no sentido de um desafio lançado a outra pessoa – ao Hans Grüber, no caso, mas não sei se essa possível explicação ajuda a entender. “Motherfucker”, como já falaram corretamente, seria um xingamento próximo a filho da mãe/p***.

Z

Pin It on Pinterest